Com show confirmado, Minas Arena terá que indenizar o Cruzeiro


A confirmação de um show do músico inglês Paul McCartney, para o dia 04 de maio no Mineirão, pode inviabilizar a partida do Cruzeiro pela semifinal do Campeonato Mineiro, marcada para o dia seguinte ao evento.


Isso porque não haveria tempo suficiente para desmontar o palco e toda estrutura do show. 

Previsto em contrato, a Minas Arena teria que indenizar o Cruzeiro em R$2 milhões e meio, pela não disponibilização do estádio.

Ainda existe a possibilidade de o Cruzeiro não ter o mando de campo no confronto do dia 05.  Para isso teria que terminar em terceiro ou quarto na classificação.

Caso seja confirmado, diretoria celeste pretende  se reunir com representantes da Minas Arena, da Federação Mineira de Futebol e da CBF para estudar uma mudança de data do duelo e uma compensação financeira